NFS-e Tecnosistemas

Manual de integração Online

Informação de Prestação de Serviços

A emissão da nota fiscal eletrônica é feita pelo prestador através dessa seção. A data da nota sairá sempre com a data do dia da emissão e em nenhum momento poderá ser alterada, assim como a sequência da sua numeração.

Na seção "Identificação do Prestador do Serviço", como o contribuinte ou seu representante legal está logado no sistema, a sua identificação é automática.

O usuário deverá então informar se a nota está sendo emitida para tomador estabelecido fora do país através da opção "Lançamento para fora do país", bastando selecioná-la. A seguir, deverá informar a identificação do tomador e seu domicílio, bem como formas de contato na seção "Identificação do Prestador do Serviço". No caso da NFS-e a caracterização do tomador de forma bem completa é fundamental, pois além de um cadastro completo, há a questão do envio por e-mail do link para validação da Nota Fiscal emitida e o respectivo XML.

Ao ser inserido o CPF/CNPJ do tomador, todas as informações serão carregadas pela definição padrão do cadastro do tomador, porém em casos específicos essas informações poderão ser alteradas sob a responsabilidade do contribuinte sobre a fidelidade da informação.

A seção "Tributação" do documento contém a identificação dos seguintes itens:

  • Regime especial de tributação
    • Nenhum
    • Ver demais...
  • Natureza da Operação:
    • Exigível
    • Não incidência
    • Isenção
    • Exportação
    • Imunidade
    • Exigibilidade suspensa por decisão judicial
    • Exigibilidade suspensa por procedimento administrativo
  • ISS Retido
    • Sim
    • Não

A seção "Discriminação dos Serviços", o usuário deverá informar o rol de serviços prestados com a identificação:

  • Serviço: conforme a lista de serviços do cadastro do contribuinte onde são especificadas a atividade primária e as secundárias que caracteriza o prestador.
  • Valor do Serviço: individualizado pelo tipo do serviço selecionado no item anterior.
  • Demais deduções no valor do serviço: quando houver alguma dedução.
  • Desconto no valor do serviço: quando houver algum desconto no valor.
  • Alíquota: percentual da alíquota incidente naquele tipo de serviço. Essa informação é somente leitura, pois segue a padronização definida no cadastro.
  • Valor do ISS: é um cálculo automático com base nas informações de valor do Serviço e Alíquota incidente.

Na seção "Informe os tributos retidos para este serviço", o prestador de serviço deverá informar, marcando nos campos, quais os impostos que incidem sobre o serviço prestado.

Os serviços configurados na estrutura acima serão adicionados ao rol de serviços que comporá a nota fiscal através do botão "Adicionar". Na medida em que os serviços vão sendo adicionados ou removidos, os valores totais da nota vão sendo atualizados nos seguintes campos:

  • Valor total de serviços
  • Valor total da base de cálculo
  • Valor total de ISS
  • Valor total de ISS Retido

Os valores detalhados dos tributos e deduções federais são apresentados de forma automática conforme a montagem dos totais da nota fiscal.

Ainda há um campo com capacidade de 2000 caracteres para descrever um complemento da nota fiscal hora emitida.

E finalmente, o usuário deverá informar se o serviço refere-se a uma prestação relacionada à construção civil. Quando essa situação configurar-se o usuário deverá informar os dados identificadores da obra junto ao INSS e a ART da obra emitida junto ao CREA.

A adição e ou remoção de serviços durante a montagem da nota é livre, o usuário poderá estruturá-la e no final proceder a gravação dos registros, clicando no botão "Confirmar" é finalizado a inclusão do documento na aplicação.

Logo Tecnosistemas

Copyright© - Todos os direitos reservados
www.tecnosistemas.com.br